ERPI
 

 O Lar Esperança, é uma Estrutura Residencial para Pessoas Idosas, situada na Cidade de Portimão.

Existimos para dar resposta à necessidade de acolhimento para pessoas idosas, no nosso Distrito, nomeadamente no nosso Concelho de Portimão.

Bem Vindo(a) ao Nosso Site

 O Lar Esperança tem por objectivo a prestação de apoio social à população infantil, juvenil e idosa, devendo pautar a sua intervenção por um grande respeito à pessoa humana;

O Lar Esperança tem como área territorial de intervenção prioritária o Distrito de Faro, podendo alargar a sua intervenção a outros distritos, caso tenha meios para tal;

O Lar Esperança iniciou a sua actividade no dia 24 de Outubro de 1988. Este Lar tem acordo de cooperação celebrado com o Centro Distrital da Segurança Social de Faro, para a resposta social de Estrutura Residencial Para Pessoas Idosas (ERPI). Os nossos contactos telefónicos são: 282 476 312; 938 565 134, o fax. número 282 476 796 o correio electrónico laresperancap@gmail.com, a página de Facebook: https://www.facebook.com/erpilaresperanca, e ainda o website em: http://www.laresperanca.org/ 

Os objectivos da Estrutura Residencial Para Pessoas Idosas são:

1. O acolhimento de pessoas idosas de ambos os sexos, cuja situação social, familiar, económica e/ou de saúde não permita resposta alternativa;

2. Prestar serviços que satisfaçam as necessidades básicas do utente, proporcionando-lhe serviços indispensáveis para o seu bem -estar;

3. Garantir ao utente o bem-estar físico, mental, emocional, social, moral, promovendo a sua qualidade de vida;

4. Fomentar relações interpessoais entre idosos e destes com outros grupos etários, a fim de evitar o isolamento;

5. Contribuir para um envelhecimento bem-sucedido, estabilizando ou retardando o processo de envelhecimento físico e/ou mental, através da promoção ou manutenção da autonomia (física e/ou mental) dos idosos;

6. Promover a dignidade da pessoa e oportunidades para a estimulação de memória, do respeito pela cultura, história, e espiritualidade pessoais e pelas suas reminiscências e vontades conscientemente expressas;

7. Assegurar um atendimento individual e personalizado em função das necessidades específicas de cada pessoa;

8. Prevenir e despistar qualquer inadaptação, deficiência ou situação de risco, assegurando o encaminhamento mais adequado;

9. Criar condições que permitam preservar e incentivar os laços familiares;

10. Contribuir para a conciliação da vida familiar e profissional do agregado familiar.

1. A Estrutura Residencial Para Pessoas Idosas, assegura a prestação dos seguintes serviços:

1.1. Alojamento e vigilância durante 24 horas, enquanto a sua permanência na Instituição;

1.2. Cuidados pessoais necessários ao bem estar do idoso, que se concretizem com o apoio nas atividades de vida diária, cuidados de saúde, higiene e conforto pessoal;

1.3. Refeições e apoio na alimentação, nomeadamente: pequeno-almoço, lanche matinal, almoço, lanche, jantar e ceia;

1.4. Serviços domésticos necessários ao bem estar do idoso, designadamente limpeza e manutenção dos espaços e tratamento de roupas;

1.5. Apoio Psicossocial, visando o ajustamento do individuo a si próprio e à comunidade no qual foi inserido;

1.6. Apoio na execução dos planos individuais de saúde;

1.7. Acompanhamento médico e de enfermagem;

1.8. Administração da medicação, conforme prescrição médica;

1.9. Acompanhamento a consultas, bem como a exames complementares de diagnóstico.

2. A Estrutura Residencial Para Pessoas Idosas assegura ainda as seguintes atividades:

2.1. Animação física e motora (caminhadas, dança, ginástica, motricidade fina e grossa);

2.2. Animação através de trabalhos manuais e da expressão plástica;

2.3. Animação através da expressão e da comunicação (música, leitura, religião);

2.4. Animação promotora do desenvolvimento pessoal e social (auto-conhecimento, história de vida, dinâmicas de grupo);

2.5. Animação lúdica (festas e passeios);

2.6. Cuidados de imagem;

2.7. Atividades intergeracionais (convívio com as crianças/jovens do Lar de Crianças Bom Samaritano e Grupos intergeracionais da Igreja Evangélica da Assembleia de Deus, entre outros);

2.8. Atividades inter-instítucionais;

3. A Estrutura Residencial Para Pessoas Idosas deve permitir:

3.1. A convivência social entre os residentes e com os familiares e amigos, com os cuidadores e com a própria comunidade;

3.2. A participação dos familiares ou representante legal, no apoio ao residente;

4. Assistência religiosa de acordo com a Igreja da Assembleia de Deus, tendo em conta a vontade dos seus fundadores, sem prejuízo do direito à liberdade religiosa dos demais utentes.